Uma Coisa: Deus usa nossos pequenos esforços de maneiras incríveis – Gavin Calver

Uma Coisa: Deus usa nossos pequenos esforços de maneiras incríveis – Gavin Calver

Deus usa nossos pequenos esforços de maneiras incríveis.

Uma coisa que eu gostaria de saber quando comecei a pregação evangelística é que mesmo o que eu acho muito pequeno, e como consequência não muito proveitoso, pode ser usado incrivelmente quando dado a Deus. Experiência tem me ensinado a encontrar conforto nesta área nas escrituras, particularmente na história em que Jesus multiplica o pão e peixe em Joao 6.  Quando você inclui mulheres e crianças, você descobre que tinha entre 11.000 e 15.000 pessoas famintas naquele campo na hora do almoço.

André vai até Jesus e diz: ‘Está aqui um rapaz que tem cinco pães de cevada e dois peixinhos; mas que é isto para tantos?’ (Joao 6:9). André não conseguia entender como aquela oferta tão pequena podia ajudar, mas mesmo com a falta de discernimento espiritual ele sabia o bastante para trazer os pães e peixes para Jesus. Ele reconhecia que aquele lanchinho não seria o suficiente nem para alimentar um homem com fome, mas ele estava com Jesus que opera maravilhas, e ele trouxe o ‘lanchinho’ para o Rei. Como consequência, Jesus alimenta todos naquele campo, como bastante para sobrar. André provavelmente estava tão surpreso quanto o resto, mas ele está começando a entender que Jesus poder pegar o que parece pouco para nós e usar de forma maravilhosa.

O mesmo é verdade para nós – evangelistas hoje. Ele pode pegar o pouco que podemos oferecer, e Ele poderá fazer coisas incríveis que não conseguimos pensar ou imaginar. A verdade pura e simples é que com Jesus ao nosso lado tudo pode acontecer.

Por esta razão, quando pensarmos que não temos nada para oferecer, quando acharmos que ninguém irá responder, nós ainda devemos trazer o nosso pouco para Jesus. Da mesma forma que Ele usou o lanchinho daquele rapaz para alimentar milhares de pessoas, Ele pode usar nosso pequeno ato evangelístico e usa-lo de forma maravilhosa. Ele pode mudar muitas vidas através de nós.

É importantíssimo evitar nos colocar para baixo através de comparações com outras pessoas. Existem pessoas que contam histórias maravilhosas de como levaram pessoas a Jesus em trens, parques e em vários outros lugares. Estas histórias fazem como que o resto de nós possam se sentir que nunca farão o bastante. Mas deixe-me ser claro – nós não vivemos para colecionar histórias de Hollywood, mas somos testemunhos vivos da graça de Deus.

Nós precisamos celebrar o impacto que estamos fazendo na vida cotidiana, e não apenas nos momentos kairos (momentos marcados e preparados por Deus – tempo de Deus). Todos nos podemos trazer o nosso ‘pouco’ à Jesus, e Ele poderá usar isto para trazer outros para Ele. Todos nós podemos trazer o que parece uma pequena contribuição ao Reino, e Ele poderá usar para transformar a vida de muitos. Eu gostaria de ter entendido isto antes.